Balneário Camboriú
Conheça a cidade

Notícias

Notícias da PMBC: Dia Mundial sem carro é amanhã
Foto: Norberto Cidade/Santur  O 22 de setembro é lembrado como o Dia Mundial Sem Carro. E para ajudar nesta empreitada, muitos funcionários da Prefeitura de Balneário Camboriú vão aderir à idéia educativa. O prefeito Edson Renato Dias convidou na tarde desta segunda-feira, 21, todo seu secretariado para que faça sua parte. O convite foi estendido a todos os funcionários. Atualmente, o município registra na sua frota 53mil veículos emplacados na cidade. O Dia Mundial Sem Carro foi implantado pela primeira vez na França, em 22 de setembro de 1997. Em 2000, a União Européia instituiu a Jornada Internacional "Na Cidade, sem meu Carro", reunindo 760 cidades. Em 2001, 1683 cidades participaram. Encorajados pelo êxito da iniciativa do Dia Europeu sem Carros, a comissão organizadora lançou, em 2002, a Semana Européia da Mobilidade. Com o tempo a mobilização cresceu e espalhou-se por outros países europeus, chegando inclusive a outros continentes. O Brasil não ficou de fora. Em 2001 o evento ocorreu pela primeira vez aqui. Milhões de pessoas ao redor do mundo comemoram a data do Dia Mundial Sem Carro. Considerado um manifesto/reflexão, a data serve para o cidadão pensar sobre os grandes problemas causados pelo uso excessivo de carros, da poluição produzida por eles. Consequencia esta presenciada principalmente nos grandes centros urbanos. O Prefeito Edson Renato Dias, representado pela Secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú e o Fundo Municipal de Trânsito – Fumtran, aderiu a idéia. Ele pede também a toda comunidade que se mobilize, e que faça sua parte. Pede para que seja usado o transporte coletivo, que se dê carona, que a comunidade saia de casa de bicicleta ou até mesmo a pé. Atividades estas que fazem bem a saúde e também que, colaboraram com o Meio Ambiente.   Prefeitura de Balneário CamboriúAssessoria de Imprensa  
Notícias da PMBC: Representante diplomático chinês visita Balneário Camboriú
Na última quinta-feira, 17, o vice-prefeito e secretário de Turismo, Cláudio Fernando Dalvesco, recebeu na cidade a visita do Conselheiro Cultural, de Turismo e de Esportes da República Popular da China, Shu Jianping e sua comitiva no gabinete na Prefeitura. Shu Jianping é conselheiro na embaixada da China em Brasília e reside no país desde 1986 na missão diplomática chinesa em nosso país. Estava programada a vinda do embaixador chinês Qiu Xiaoqi, mas por motivos de saúde o embaixador não pôde comparecer. Na cobertura da visita do conselheiro a Balneário Camboriú, esteve o jornalista chinês Wu Zhihua, correspondente do Diário do Povo da China, publicação diária estatal com mais de 2 milhões de exemplares circulando naquele país. A conversa com Dalvesco teve a participação do secretário de Planejamento, Claudir Maciel, que apresentou para o conselheiro, o masterplan do projeto do Centro de Desenvolvimento Turístico e Econômico de Balneário Camboriú, que será construído nas imediações da Santur.  Das mãos de Dalvesco, o conselheiro recebeu duas obras confeccionadas pelo artista plástico alemão, radicado em Balneário Camboriú, Reiner Wolff. As obras em alumínio batido anexadas em madeira, representam o folclore açoriano do litoral catarinense. Uma está dedicada para Jianping e outra para o embaixador Xiaoqi. Shu Jianping disse que é interesse da embaixada da China, trazer in2vestidores para a região Sul do Brasil, principalmente Balneário Camboriú. O representante diplomático disse ter gostado do masterplan e das possibilidades de investimento de empresários chineses na cidade. “Estarei na China no próximo mês, onde vou iniciar contatos para que possamos trazer investidores chineses à Santa Catarina”, disse Jianping. Logo depois da reunião no gabinete, o vice-prefeito Cláudio Dalvesco e a comitiva chinesa partiram para o Complexo Cristo Luz, onde foi oferecido um jantar de boas vindas ao conselheiro e sua comitiva. Além de presenciar uma das melhores vistas da cidade e conhecer todo o complexo, Shu Jiaping também assistiu a um vídeo institucional da cidade e atrações artísticas presentes no jantar. Prefeitura de Balneário CamboriúTexto: Rafael Weiss
Balneário Camboriú recebe Copa Veleiros 2009 Neste sábado, 20, a cidade recebe a 7° Regata de Balneário Camboriú, cumprindo mais uma etapa da Copa Veleiros de Oceano 2009. Serão aproximadamente 180 competidores e cerca de 25 veleiros. O evento tem o apoio da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, por meio da Fundação Municipal de Esportes e das Secretarias de Meio Ambiente e de Turismo e Desenvolvimento Econômico. Os barcos saem da sede oceânica do Iate Clube Santa Catarina/Veleiros da Ilha, na praia de Jurerê Internacional, na capital do Estado, por volta das 9h da manhã. A previsão de ventos do quadrante sul para o próximo sábado anima os velejadores que pretendem participar da Regata Balneário Camboriú, já que a competição do ano passado ficou marcada pela calmaria, com muito barco boiando por horas ao longo do percurso de 30 milhas (cerca de 56 quilômetros). Uma bóia estará na ponta da Praia de Laranjeiras, sinalizando para que todos naveguem afastados do lajeado de pedra. A passagem dos veleiros por outra bóia, próxima à Ilha das Cabras, propiciará um belo espetáculo para que estiver transitando pela Avenida Atlântica. A partir daí, os barcos seguirão à linha de chegada, perto da entrada do canal da Barra Sul. O esperado é que todos os veleiros cheguem entre 15 e 17h. A cerimônia de premiação será à noite, no restaurante O Pharol da Barra Sul, logo após o jantar oferecido aos velejadores pela Secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú. A regata integra o Calendário de Eventos da Semana Estadual da Água, promovida pela Semam – Secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú Texto: Anna Paula X. CazattiEstagiária Com. Social sob supervisão de Silvia BommPrefeitura de Balneário Camboriú 
Trade do turismo conhece necessidade do mercado paulista
Representantes e proprietários de hotéis e integrantes do trade turístico de Balneário Camboriú tiveram a oportunidade de saber o que esperam os operadores de turismo de São Paulo, em relação ao destino turístico de Santa Catarina. Na sexta-feira, 18, aproximadamente 30 pessoas participaram de reunião promovida pela Santur – órgão oficial de turismo do Estado e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, através da empresa Promo Brasil – Representação e Inteligência Comercial. Também contou com apoio do Sindicato dos Hotéis (Sindisol), Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau e divulgação da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico. No encontro foi divulgado resultado de uma ação realizada pela Promo Brasil em São Paulo, durante quatro meses de planejamento e dois meses de investigação junto aos operadores. O objetivo foi conhecer o perfil das operadoras de turismo, saber onde atuam, qual destino vendem mais, os tipos de consumidores, enfim, esta primeira etapa do trabalho realizado para o Estado, e que será exposta em todas as regiões turísticas regionais, revelou dados interessantes, como por exemplo, Balneário Camboriú precisa fortalecer sua divulgação e realizar um trabalho conjunto com o turismo dos roteiros regionais próximos. Segundo explica o presidente da Santur, Valdir Walendowski, Santa Catarina não é mais comprada como era no passado. “Agora temos que vender, pois a concorrência muda constantemente, em função da melhoria dos produtos”, analisa o presidente, que há dois anos vem trabalhando na idéia de atuar mais intensamente no maior mercado emissor de turistas do país, o Estado de São Paulo. O projeto foi viabilizado pelo Ministério do Turismo, que firmou convênio com Santa Catarina (o único do país a receber este incentivo), para que uma empresa profissional levantasse questões e repassasse ao trade turístico as soluções para aumentar o fluxo de turistas em todas as regiões catarinenses. A diretora da Promo Brasil, Gisele Lima Assumpção, expôs o resultado da pesquisa em São Paulo. A primeira informação repassada foi que São Paulo é responsável pela emissão de 48% dos turistas em todos os destinos brasileiros e que as maiores operadoras de turismo estão naquele estado. Foram analisadas 50 operadoras, das 106 existentes, com margem de erro inferior a 5% e a maioria dos questionamentos respondidos de forma presencial. Das operadoras entrevistadas, 43 disseram vender destinos nacionais e internacionais e 14% afirmaram se dedicar apenas ao mercado nacional. De um total de 42 operadoras, 38,1% disseram vender mais pacotes nacionais que internacionais e 7,1% comercializa os dois tipos de forma equilibrada. Em relação a onde elas atuam, 94% das operadoras, ou seja, 47, disseram que atuam em todo o território nacional e vendem mais os destinos através da internet (82%). Depois seguem a venda maior pelas agências de viagens (76%); na sequência (62%) os representantes e a seguir (38%) maiores vendas por telefone; freelancer ou promotores. Neste quesito, a diretora Gisele analisou que o resultado aponta que os destinos devem estar presentes de forma continuada em divulgação pela internet. Na rede de distribuição, foi exposto que 57% das operadoras pesquisadas possuem promotores exclusivos, ou seja, possuem equipes próprias de vendas. E qual seria o estado que as operadoras mais vendem? Com o benefício de oferecer praia o ano inteiro, o Nordeste liderou as respostas. Trinta e cinco por cento disseram que seus consumidores preferem esta região, enquanto que o sul recebeu 9% das respostas. Em compensação, durante o verão as praias de Santa Catarina se revelam grandes concorrentes do litoral nordestino. Na escala nacional, Natal é o primeiro destino preferido, com Fortaleza e Porto de Galinhas na segunda e terceira colocação. Santa Catarina aparece na 10ª posição e Florianópolis, na 32ª. Balneário Camboriú não apareceu nas respostas. Quanto ao tipo de consumidores, um destaque interessante. O trade de Balneário Camboriú recebeu a informação de que 38 operadoras disseram que o público alvo de suas vendas são grupos familiares; 23 disseram jovens casados e 12, jovens solteiros. A melhor idade foi respondida por sete delas. Já no item classe social, a maioria dos consumidores do turismo pertencem à classe B+ , que, segundo a média Brasil divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, tem renda mensal de aproximadamente R$ 4 mil. “Certamente, todos têm acesso à internet”, acredita Gisele. Outra pergunta feita às operadoras foi em relação ao método de conhecimento dos roteiros turísticos. Foram 23 as que responderam internet e outras 18 disseram que ficaram sabendo da venda por anúncios em meios de comunicação. A revista Viagem e Turismo é a mais importante para 13 operadoras, na divulgação dos roteiros. Outras cinco disseram ser a Folha de São Paulo, enquanto que o restante se dividiu entre outras publicações. Se o hoteleiro quiser um bom resultado em suas vendas, deve anunciar em canais infantis de repercussão, pelo menos, foi o que apontou a pesquisa. A maioria das operadoras disse que é importante anunciar pacotes ou destinos no Disney Channel ou ainda no canal de vendas Shop Tour, por serem os preferidos da família. No caso do segundo, também por oferecer produtos de qualidade e de bom preço. E qual seria o critério final para que as operadoras colocassem um destino em seu catálogo e desse foco especial a esse roteiro? A resposta dada por 24 delas, é que o destino tem que ter qualidade; 14 responderam ter demanda turística; sete disseram destinos com bons preços, outras sete apontaram aquele que oferecer parceria em produtos, e seis analisaram que é importante o destino oferecer viagem de familiarização, conhecidas como famturs. Quatro responderam que é importante que haja um misto de cultura, história e lazer no roteiro e três qualificaram o receptivo local. Apesar de a internet ser uma grande fonte de informações, 22 operadoras afirmaram que é por telefone que as vendas acontecem, pois os clientes querem segurança na negociação. Outras 15 disseram fechar por agências de viagem e 13 optaram por responder que é pela rede de computadores que as maiores vendas são feitas.  Perfil de Santa Catarina Em outra parte da pesquisa, as operadoras responderam diretamente sobre o destino catarinense. Como o trade paulista vê Santa Catarina?  Elas vendem o Estado? “Sim” foi a resposta de 96% das 50 operadoras. Desse total, 88% disseram que Florianópolis está em suas vendas e 22 apontaram a Costa Verde Mar; onze disseram o Vale Europeu e só duas delas revelaram não vender o Estado. Na questão qualificação, Santa Catarina se mostrou boa ou ótima para 45 operadoras e cinco apontaram ser regular. Nenhuma operadora mencionou ser ruim ou muito ruim e a maioria disse que o clima, as enchentes e chuvas não são fator tão prejudicial à vinda de turistas para cá. Em Santa Catarina, os turistas que vem de São Paulo pelas operadoras são familiares e jovens casados (41 respostas); melhor idade (24); jovens solteiros (10) e GLBT, duas respostas. A classe social predominante é também a B+, como no perfil nacional, com 36 respostas; “A” foi respondido por 27 e “B” por cinco. Os meses mais procurados são dezembro e fevereiro (ambas com 44 respostas); janeiro (43); novembro (27) e março (21). Depois seguem outubro com seis e abril com quatro. O destino de maior concorrência à Santa Catarina é a Bahia (46 respostas); Pernambuco (32); Ceará (31); Rio Grande do Sul (28); Rio de Janeiro (26) e Rio Grande do Norte (21). “É importante que se mostre que Santa Catarina não é só praia, para que se reduza o período sazonal. Deve ser feito um trabalho conjunto inserindo mais roteiros, para que o Estado seja mais comercializável”, analisa Gisele. “Estamos abrindo as portas para que os operadores saibam que nosso produto é bom. Não temos a função de vender esta ou aquela cidade, queremos inserir nosso Estado nas vendas. A comercialização deve ficar a cargo do interesse de cada empresário do setor”, analisa o presidente da Santur, Walendowski. A reunião ainda seguiu citando os pontos negativos apontados pelas operadoras, para que o Estado seja mais comercializável, como a flexibilização das negociações, a prioridade das reservas e principalmente, o serviço de transfer, que nada mais é do que o translado e o custo de transporte (valor do táxi nos destinos, entre outros). Na reunião foi debatido que o que encarece o pacote é a parte terrestre. Alguns participantes disseram que o preço do táxi em Balneário Camboriú é muito alto. Apesar dessa colocação, as operadoras de São Paulo querem voltar a ter negociações com o Estado e com Balneário Camboriú. A empresa Promo Brasil se comprometeu intermediar as conversações entre o trade turístico local e as operadoras. “A primeira coisa que tem que ser feita é mudar as fórmulas usadas no passado. Temos que definir novos pacotes e promoções, um novo produto para que também tenhamos fluxo na baixa temporada”, especificou Cimélio Pereira, presidente do Convention Bureau. O Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau deverá organizar uma reunião de trabalho entre o setor turístico de Balneário Camboriú, para definição de uma nova proposta aos operadores de viagens. Outra informação positiva, é que a Santur irá organizar o Salão de Santa Catarina em São Paulo, para aumentar a procura pelo destino catarinense. Texto: Silvia BommFoto: Divulgação SecturAss.Imprensa/SecturPrefeitura de Balneário Camboriú(47) 3367-8122
Turismo de BC presente no Encontro Braztoa Mais de cem expositores, entre eles a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú (Sectur), participam nestes dias 17 e 18 de setembro, em São Paulo, do 32º Encontro Comercial Braztoa, promovido pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo. O evento acontece no Centro de Convenções Frei Caneca e nesta edição traz como tema Comunicação & Marketing no Turismo. Balneário Camboriú será exposta aos visitantes junto ao estande da Santur – órgão oficial de turismo de Santa Catarina. A oportunidade será importante para o município, pois a cidade divulga seu potencial para receber turistas o ano inteiro, sua grande rede hoteleira, a variedade presente na gastronomia, as inúmeras opções no comércio local e seus shoppings centers, os equipamentos turísticos e dezenas de passeios possíveis de serem desenvolvidos no litoral. Além disso, aproveita para chamar a atenção dos visitantes para o verão que se aproxima e seus projetos de final de ano, entre eles o Natal e o Réveillon. Mostra principalmente a beleza de suas nove praias: Central, Estaleirinho, Estaleiro, Taquaras, Taquarinhas, a praia naturista do Pinho, Laranjeiras, do Buraco e do Canto e, ainda, sua riqueza histórico-cultural e a prática de esportes. Estarão participando do evento operadoras de turismo do Brasil, companhias aéreas, hotéis, locadoras, imprensa nacional e internacional, secretarias de turismo municipais e estaduais e outras empresas e órgãos ligadas ao turismo. O encontro ocupa dois andares do Centro de Convenções, mas a estrutura completa do evento ocupa aproximadamente 6,7 mil m2 de área física. -------------------Veja outras matérias desta secretaria em www.secturbc.com.br Brilhos de Natal ou Natal Cor? Vote no nome do nosso Natal pelo e-mail natalembalneario@gmail.com até 30/09/2009.--------------------Texto: Silvia BommFoto: Divulgação SecturAss.Imprensa/SecturPrefeitura de Balneário Camboriú(47) 3367-8122
Disputa acirrada para escolha do nome do Natal em BC Está aberta até o dia 30 de setembro, a votação para a escolha do nome do projeto de Natal para Balneário Camboriú. O evento, que acontece no em dezembro e janeiro, poderá se chamar Brilhos de Natal em Balneário Camboriú ou então, Natal Cor em Balneário Camboriú. Até o momento foram computados 117 votos que chegaram pelo e-mail natalembalneario@gmail.com, sendo que 62 pessoas disserem preferir Brilhos de Natal, enquanto que 55 apostaram no segundo nome. Os dois nomes foram apontados pelas entidades participantes do Comtur – Conselho Municipal de Turismo, em reunião realizada no dia 2 de setembro e a votação foi aberta um dia depois. Não deixe de participar da escolha, envie agora sua opção por e-mail.     Texto: Silvia BommFoto: Divulgação SecturAss.Imprensa/SecturPrefeitura de Balneário Camboriú(47) 3367-8122  
Sectur realiza divulgação na Intermach 2009 A Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú (Sectur) participa, de entre os dias 15 e 19 de setembro, da 7ª Intermach 2009 – Feira e Congresso de Tecnologia, Máquinas, Equipamentos, Automação e Serviços para a Indústria Metal-mecânica. O evento acontece na Expoville – pavilhão de eventos de Joinville, e reúne grandes profissionais de empresas e pesquisadores nacionais e estrangeiros, promovendo um encontro de tecnologias aplicadas em cada segmento participante e, com isso, visa fortalecer empresas e entidades. São esperados mais de 35 mil visitantes durante a feira. Balneário Camboriú estará representada com um profissional da Sectur, que estará prestando informações, captando contatos e negócios, junto ao estande da Santur – órgão oficial de turismo do Estado de Santa Catarina. Entre os materiais distribuídos, a Sectur estará fornecendo revistas com as opções na rede hoteleira, gastronômica, os equipamentos de lazer e turísticos, os recantos naturais da cidade, as opções de compras e serviços e toda a qualidade encontrada numa diversidade de produtos e serviços encontrados em mais de 5.200 estabelecimentos. Na Intermach 2009 acontece a 39ª Sulcontrata – Feira de Subcontratação Industrial e o Cintec 2009Mecânica e Automação - Congresso de Inovação Tecnológica. Texto: Silvia BommFoto: Divulgação SecturAss.Imprensa/SecturPrefeitura de Balneário Camboriú(47) 3367-8122
Little Princess acontece em Balneário Camboriú
Acontece na quarta-feira, 16, em Balneário Camboriú, uma etapa do concurso Little Princess of the Sea Internacional 2009. O evento traz a cidade participantes de vários estados brasileiros e também de outros países. Ao todo são 22 meninas, entre quatro e 13 anos. Na tarde de terça-feira, 15, algumas representantes do concurso visitaram a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Sectur) onde entregaram lembranças ao secretário e vice-prefeito, Cláudio Fernando Dalvesco. O evento será realizado no Hotel Vieira´s,  na rua México, a partir das 20h e é aberto ao público. Beatriz Petrentchuk, Karina Grella, Bernardine du Pessis, Jheniffer de Oliveira, Kaune Pyl, Ana Paula Batista, Cristine Yamada, Clara Eduardo Rossa, Maria Victória Tuge, Amanda Bolzani são algumas das meninas que participam do evento, que é apoiado pela Sectur.O Little Princess of The Sea Internacional é o maior concurso de beleza infantil internacional produzido no Brasil e reúne belas crianças de diversos países. A premiação especial da "Princesa do Mar Internacional" acontece em Balneário Camboriú, já a grande final está marcada para o próximo dia 20 de setembro, em Curitiba. (Na foto, algumas das concorrentes ao título do Little Princess)   Texto e foto: Anna Paula X. CazattiEstagiária Com. Social sob supervisão de Silvia BommPrefeitura de Balneário Camboriú  

Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados a Secretaria de Turismo de Balneário Camboriú.