Balneário Camboriú
Conheça a cidade

Notícias

Palestra define importância do Comtur

O Conselho Municipal de Turismo – Comtur de Balneário Camboriú terá um grande trabalho pela frente. Mas muito mais que trabalho, deverá ter responsabilidade para proporcionar ao município, o desenvolvimento de um turismo sustentado em três pilares: no respeito à cultura local, à economia e ao meio ambiente. Essa foi uma das principais lições aprendidas na noite de segunda-feira (4), no campus da Universidade do Vale do Itajaí - Univali, em Balneário Camboriú, por membros e representantes de entidades que integram o Comtur. A palestra foi proferida pelos professores Rafael Fachini Moratelli e Roberto Wölke, e proposta pela Univali, que é membro do Comtur, para que todos entendessem a importância do Conselho, antes de iniciar os trabalhos da entidade que ressurge depois de seis anos de inatividade.

E porque o órgão é tão importante? Porque, segundo os profissionais da Universidade, é a entidade que assegura as ações democráticas e participativas, possibilitando o envolvimento efetivo dos segmentos da comunidade. Os conselhos municipais de turismo tem como atribuições conceber e estimular ações para o desenvolvimento do turismo sustentável; participar do planejamento, da administração e da fiscalização da atividade turística no município e, se for um órgão deliberativo, terá que deliberar sobre a importância das ações a serem desenvolvidas, ainda, decidir sobre as prioridades a serem tomadas.

O retorno das atividades do Comtur foi motivado, neste ano, pela Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú (Sectur), para que a população tenha maior representatividade no que diz respeito ao turismo, através das 17 entidades que participam desta nova fase do órgão. Um dos temas discutidos durante o encontro foi justamente a posição atual da entidade de ser apenas consultiva. Os professores explicaram que os órgãos deliberativos decidem sobre as ações, enquanto que os consultivos tem menor poder de resolução. A questão deverá ser tratada nas próximas reuniões do órgão, e seus membros, mesmo antes de auxiliar na formação das subcomissões do Comtur, já tem como certa a primeira grande tarefa para 2009: estudar o laudo técnico construído pelo Fundo Municipal de Trânsito nos últimos dois anos, e que foi exposto em Audiência Pública na Câmara de Vereadores, no último dia 29. O laudo aponta as consequencias positivas e negativas relativas à criação das rotas de ônibus de turismo na cidade, e é o Comtur quem deverá dar encaminhamento à lei, conforme foi determinado no encontro que reuniu mais de 200 espectadores.

“É por isso que os conselhos municipais devem ser órgãos apartidários, ter consciência de que será um trabalho permanente, que as ações deverão ser norteadas para o desenvolvimento do turismo levando-se em consideração o tripé base(cultura local, economia e meio ambiente) e que deve ser claramente definido o seu plano de trabalho”, especificou o professor Moratelli. "O partido deve ser apenas o turismo", finalizou.

Texto e foto: Silvia C. Bomm - Ass. Comunicação
Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico
Prefeitura de Balneário Camboriú
(47) 3367-8122
e-mail:  imprensa@secturbc.com.br
www.secturbc.com.br

 


 

Últimas Notícias

Confira mais notícias

Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados a Secretaria de Turismo de Balneário Camboriú.